Correntezas Renovadoras

“Da celebração efêmera ao desfrute do cotidiano.” O motto proferido por Héctor Vigliecca sintetiza o intuito central dos arquitetos do Parque Radical, trecho norte do Complexo Olímpico de Deodoro. Envolto em bairros com os menores Índices de Desenvolvimento Humano do Rio de Janeiro e extremamente carentes de serviços públicos, não seria cabível que o custoso investimento fosse destinado exclusivamente às semanas das Olimpíadas e das Paraolimpíadas. O destino do projeto não pode se limitar ao usufruto dos competidores e espectadores que vem de longe, mas deve contemplar igualmente a população das cercanias que passará a ter acesso livre ao novo segundo maior parque da cidade – atrás apenas do Aterro do Flamengo. O Parque Radical dá uma inédita perspectiva de lazer e atendimento social a moradores da Zona Oeste carioca e da Baixada Fluminense.

Leia na íntegra na AU 266 (maio 2016)
http://au.pini.com.br/arquitetura-urbanismo/266/a-parte-norte-do-complexo-olimpico-deodoro-com-canoagem-370379-1.aspx

Anúncios